top of page
Buscar
  • Foto do escritorDavi Nogueira

Dicas para montar uma cozinha rústica


Madeira, ferro e tijolinho estão entre elementos essenciais para uma cozinha rústica (Projeto: Ana Wolf Arquitetura e Interiores)


Materiais, paletas de cores e outros elementos desempenham um papel fundamental na construção de uma cozinha rústica, um estilo que está em voga. Esta abordagem decorativa prioriza o conforto e o aconchego, alinhando-se com as tendências atuais de decoração.


A cozinha rústica evoca a vida no campo e combina elementos que não só emanam charme, mas também servem a propósitos práticos. Portanto, é a escolha ideal para aqueles que apreciam a atmosfera rural e desejam uma decoração que se destaque. Vamos aprofundar essa ideia!


O que define uma cozinha rústica?


Uma cozinha rústica se caracteriza por ser um espaço acolhedor e convidativo, muitas vezes associado às casas de campo. Em termos de design e arquitetura, essas cozinhas geralmente adotam uma estética natural e orgânica.


Isso se traduz no uso de materiais como madeira, tijolos de argila, ferro e fibras. As cores escolhidas são suaves e terrosas, como tons de marrom, verde, creme e pastel.

Vale destacar que a cozinha rústica não está restrita apenas a áreas rurais, podendo ser incorporada com sucesso em ambientes urbanos. Nesse contexto, ela cria um contraste encantador com edifícios modernos e minimalistas.


Materiais

Elementos naturais são ideais para uma cozinha rústica e aconchegante (Projeto: Victoria)


De maneira geral, em uma cozinha rústica, predominam materiais de origem natural ou reproduções fiéis deles. Estes elementos são aplicados em pisos, paredes, mobiliário e outros componentes, resultando em um ambiente que ressalta a sensação de naturalidade. Dentre os principais materiais utilizados, destacam-se:

  1. Metais como cobre, ferro e aço inoxidável.

  2. Superfícies com acabamento em cimento queimado.

  3. Revestimentos de tijolinhos.

  4. Estruturas de concreto.

  5. Móveis de madeira.

  6. Uso de pedra em diversas aplicações.

  7. Tapetes e revestimentos de sisal.


Cores


As cores mais apropriadas para a decoração de uma cozinha rústica são aquelas que evocam a sensação de naturalidade e simplicidade. Tons terrosos e neutros são ideais para criar uma atmosfera campestre, em contraste com tonalidades vibrantes e brilhantes. Aqui estão algumas opções de cores adequadas para uma cozinha rústica:

  • Amarelos discretos, como mostarda, dourado e cremoso.

  • Tons de marrom, como chocolate, bege, caramelo e bronze.

  • Variações de rosa, como antigo, queimado e pálido.

  • Tons de verde, incluindo musgo, oliva, verde escuro e azulado.

  • Diferentes tonalidades de cinza.

  • Matizes de azul, como acinzentado e esverdeado.

  • Brancos suaves, como gelo e off-white.

Você pode criar pontos focais na decoração usando as tonalidades mais vibrantes, como amarelo, rosa, verde e azul, para dar vida à sua cozinha rústica.

Como criar uma cozinha rústica?

Uma vez que a cozinha é um dos espaços mais frequentados em uma casa e desempenha um papel central na reunião da família e na criação de memórias afetivas, a sua decoração merece uma atenção especial. Se você está planejando criar uma cozinha rústica, siga as orientações a seguir para obter dicas de decoração.


Eletrodomésticos de cozinha rústica

Forno a lenha tem tudo a ver com cozinha rústica, mas é possível usar eletrodomésticos modernos (Projeto: Natalia Lemos Arquitetura)



Quando se considera uma cozinha rústica associada a ambientes rurais, como sítios ou fazendas, é comum imaginar a presença de elementos tradicionais, como um fogão a lenha e recursos mais simples. Entretanto, é importante ressaltar que essa atmosfera não precisa prescindir das comodidades modernas atualmente disponíveis. Os eletrodomésticos podem ser contemporâneos e funcionais, desde que estejam em harmonia com o estilo do espaço.


Por exemplo, é perfeitamente viável combinar um fogão a lenha com um forno elétrico, oferecendo a flexibilidade de escolher o método de cozimento com base na conveniência ou nas necessidades do momento. A beleza do estilo rústico reside na sua capacidade de dialogar harmoniosamente com elementos mais modernos. Isso significa que você pode incorporar detalhes campestres na decoração, enquanto mantém a presença de um cooktop ou de uma coifa, por exemplo.


Cubas rústicas

Farm Sink é estilo de cuba para cozinha perfeito para um ambiente rústico (Projeto: Jessica Castro / Foto: PicCompany)


A presença de uma cuba é fundamental em uma cozinha rústica, pois desempenha um papel prático essencial no cotidiano e contribui para a atmosfera campestre do ambiente.


O aço inoxidável é a opção mais atrativa, no entanto, também é possível considerar uma cuba esculpida em porcelanato, uma vez que este material apresenta características bacteriostáticas, resistência e facilidade de limpeza.


Uma recomendação valiosa para a cuba em uma cozinha rústica é a "Farm Sink". Este é um tipo de cuba semiencaixe, em que a parte frontal se projeta para fora do mobiliário. Esse estilo surgiu em residências rurais nos Estados Unidos e Europa e atualmente está em alta devido à sensação acolhedora que evoca nesse tipo de construção.

Móveis rústicos

Ideal em cozinha rústica é preferir móveis em madeira (Projeto: Victor Romansini)


Na composição de uma cozinha rústica, há elementos essenciais, e os móveis figuram entre eles de maneira destacada.


Os materiais predominantes em cozinhas rústicas são a madeira e o ferro, os quais podem ser combinados para criar armários com estrutura em madeira e detalhes em ferro. Além disso, a presença da madeira é igualmente benéfica em outros móveis, como mesas, cadeiras e banquetas.


Mesmo o balcão e a bancada da cozinha podem adotar a madeira, fortalecendo a estética rural do espaço. Em espaços de dimensões reduzidas, é possível aplicar estratégias para manter a essência do estilo rústico sem sobrecarregar o ambiente.


Uma abordagem eficaz consiste em escolher móveis de madeira pintados de branco, criando um efeito suavizante que evita o escurecimento do espaço, o que poderia fazer com que parecesse ainda menor.


Revestimentos rústicos

Tijolinho é revestimento interessante para cozinha rústica (Projeto: Doma Arquitetura)

A cerâmica desfruta de grande popularidade nas cozinhas devido à sua resistência à água e ao calor, sua capacidade de evitar manchas e sua facilidade de limpeza e manutenção.


Uma característica particularmente atrativa é a diversidade de estilos disponíveis, muitos dos quais são habilmente capazes de reproduzir materiais naturais de forma autêntica. Nesse contexto, o porcelanato é uma excelente escolha, uma vez que combina uma resistência notável com uma estética atrativa, tornando-se ainda mais vantajoso quando possui bordas retificadas.

As bordas retificadas permitem o uso de juntas mais finas, reduzindo assim a quantidade de rejunte. Isso resulta em menos espaço para a acumulação de sujeira e mofo.


No contexto de uma cozinha rústica, o porcelanato pode oferecer uma série de opções que reproduzem fielmente materiais diversos, como os seguintes:

  1. Amadeirado: Este padrão é tradicional na decoração rústica, e a representação desse material em cerâmica assegura sua resistência à água, facilidade de limpeza e baixa manutenção. Além disso, há variedade em tonalidades, formatos e outros detalhes.

  2. Concreto e cimento queimado: Outras opções atraentes para um ambiente rústico. Mesmo que você não deseje usar esses materiais reais, há revestimentos que imitam fielmente essas superfícies, simplificando a rotina de cuidados.

  3. Pedra: A pedra é uma matéria-prima que se integra muito bem a uma cozinha rústica e pode ser encontrada em versões cerâmicas. Isso tende a ser mais econômico e ambientalmente sustentável.

  4. Tijolinho: Também existem revestimentos cerâmicos que recriam a textura do tijolinho, uma escolha muito apropriada para ambientes rústicos.

Materiais rústicos

Materiais rústicos podem ser usados em outros detalhes (Projeto: Ângela Villar Nogueira Paes Cambraia / Foto: Edgard César)


Anteriormente, discutimos os materiais-chave que desempenham um papel importante em cozinhas rústicas. Agora, vamos orientá-lo sobre como incorporá-los com sabedoria.


Esses materiais podem ser aplicados em várias áreas, desde as superfícies até os móveis e outros detalhes, como portas, janelas, fogões e até mesmo nas tradicionais panelas de ferro penduradas.


No entanto, é crucial ter em mente que cozinhas frequentemente enfrentam altos níveis de umidade, resultantes do preparo dos alimentos. Consequentemente, a madeira deve ser tratada adequadamente para evitar deterioração, enquanto o ferro precisa ser usado com precaução em locais sujeitos à exposição constante à água, devido ao risco de ferrugem.


Outros materiais que se harmonizam bem com esses elementos incluem pedras naturais, cimento queimado, vidro e aço inoxidável. Este último pode até ser incorporado em eletrodomésticos, oferecendo uma solução prática e durável.


Decoração rústica

Elementos como panelas penduradas e objetos de metal compõem cozinha rústica (Projeto: Ana Wolf Arquitetura e Interiores)


Para obter uma autêntica decoração de cozinha rústica, é fundamental incorporar materiais essenciais a esse estilo. Portanto, é aconselhável investir em objetos confeccionados em madeira e ferro.


Uma vez que a ideia é evocar a natureza, você também pode explorar uma variedade de outros elementos, tais como plantas, sisal, palha, couro, cerâmica, estampas de chita, peças decorativas com padrões de flores, folhas e animais, bem como padrões xadrez e poá, entre outros.

Uma proposta intrigante é criar uma mini-horta de temperos, para a qual bastam vasos pequenos.


Em termos gerais, a simplicidade define a estética da cozinha rústica, mas isso não implica em falta de charme ou sensação de descuido. A simplicidade é uma característica intrínseca aos materiais, que não passam por um extenso processo de polimento.

Portanto, recomenda-se o uso de materiais como madeira de demolição, tijolos expostos ou produtos modernos e tecnologicamente avançados que reproduzam essas texturas rústicas.


Além disso, é comum empregar objetos domésticos do cotidiano como elementos de decoração, como panelas penduradas e louças dispostas em prateleiras. Até mesmo cortinas de tecido, utilizadas em vez de portas de armários, podem representar uma alternativa charmosa e atraente.


Gostou das dicas? Não se esqueça de compartilhar nosso conteúdo :)

Até a próxima!

Commentaires


bottom of page