top of page
Buscar
  • Foto do escritorDavi Nogueira

Descubra qual é a melhor posição solar para o seu imóvel

A posição solar desempenha um papel crucial na determinação da quantidade de luz e calor que um imóvel ou ambiente receberá. Ao construir ou comprar uma propriedade, é fundamental considerar cuidadosamente esse aspecto, pois ele pode afetar significativamente o conforto dos residentes, especialmente em relação à iluminação e à temperatura ambiente. Além disso, a orientação solar adequada pode resultar em economia de energia elétrica, pois os ocupantes podem reduzir a dependência de iluminação artificial e equipamentos de climatização.

A orientação solar pode valorizar imóvel, além de proporcionar conforto térmico (Projeto: Sena Arquitetos Associados / Foto: Daniel Mansur)


Evitar a exposição excessiva ao sol também contribui para a preservação da pintura do imóvel e a manutenção dos aparelhos, como eletrodomésticos. Dado o impacto significativo desse fator, tanto em novos projetos quanto em propriedades já construídas, compilamos informações e dicas essenciais sobre o assunto. Continue lendo para saber mais!


O que é a posição solar?

Para garantir conforto térmico e iluminação, posição solar é aspecto importante a se observar (Projeto: Daniele Garibaldi / Foto: Anderson)


Conforme sugere seu próprio nome, a posição solar se refere à orientação do imóvel em relação à trajetória do sol.


Normalmente, está associada à direção na qual a fachada principal está voltada, embora isso possa variar de acordo com os espaços específicos. Levar em consideração a orientação solar ao construir ou adquirir uma propriedade é de extrema importância, e há várias razões para isso.

Primeiramente, estima-se que uma exposição adequada à luz solar possa aumentar o valor de avaliação de um imóvel em até 10%.


Além disso, a exposição à luz solar tem o potencial de aprimorar o bem-estar, contribuindo para um estado de ânimo positivo, disposição e produtividade. De fato, a saúde também é um fator crucial a ser considerado, uma vez que ambientes escuros, úmidos e mal ventilados podem propiciar doenças respiratórias.

Como é a orientação solar de acordo com a direção?


A orientação solar é um fenômeno diário e constante, pois o sol nasce a leste e se põe a oeste, invariavelmente.


No entanto, a intensidade da radiação solar varia significativamente devido a fatores como a estação do ano, a localização no hemisfério e a região geográfica. Consequentemente, essa incidência pode ser mais intensa ou mais suave.


Portanto, é fundamental compreender a orientação solar específica de cada face de um edifício e como essa incidência varia ao longo das diferentes estações do ano.



Norte

Orientação solar para o norte é a preferida entre os brasileiros (Projeto: Sena Arquitetos Associados / Foto: Daniel Mansur)


No Brasil, a face norte é aquela que recebe a maior quantidade de radiação solar ao longo do ano, e esse padrão se repete em outras regiões do hemisfério sul.


Essa é a preferência da maioria das pessoas, especialmente daquelas que residem em áreas mais quentes do país. Quando se menciona que um imóvel "pega sol da manhã", geralmente significa que está direcionado para o norte, o que resulta em uma exposição solar que começa de manhã e se estende até o meio da tarde, especialmente no verão.


No entanto, no inverno, essa orientação solar proporciona uma exposição solar ao longo de todo o dia, o que contribui para manter a casa mais quente.

Sul


Em contrapartida, a face sul é aquela que recebe uma quantidade reduzida de radiação solar, independentemente da estação do ano. Consequentemente, não é a escolha mais apropriada para quem deseja maximizar a iluminação natural.

Entretanto, pode ser uma alternativa vantajosa para residentes de localidades com climas extremamente quentes. Essa orientação ajuda a evitar que o interior do imóvel se aqueça excessivamente, especialmente durante o verão.

Devido à baixa exposição solar, é crucial estar atento à prevenção de problemas como o mofo e outros tipos de fungos, que podem afetar a qualidade do ambiente e a saúde dos moradores.



Leste

Posição solar leste também proporciona boa incidência de luz natural (Projeto: Daiane Melo)


Isso corresponde à orientação solar no momento do amanhecer. Portanto, quando a construção está voltada para o leste, ela recebe luz solar pela manhã. Esses raios solares são mais suaves, contribuindo para manter uma temperatura agradável durante o dia.


Embora algumas pessoas possam não apreciar essa orientação solar devido à intensidade dos raios nas primeiras horas da manhã, é possível solucionar esse problema investindo em cortinas que tenham a capacidade de bloquear o excesso de luz.


Oeste


Uma vez que o sol se põe no oeste, o imóvel receberá a luz solar durante a tarde, exatamente quando os raios solares estão mais intensos. Consequentemente, o imóvel se manterá aquecido até a noite. Essa orientação pode ser especialmente benéfica para aqueles que residem em áreas mais frias, como em uma casa nas montanhas.


O que considerar ao escolher a posição solar?

Cozinha não precisa de muita incidência solar, mas iluminação natural pode ajudar no trabalho (Projeto: Bruna Balestieri Arquitetura e Interiores)


Na hora de definir a posição solar de um imóvel, não existe certo ou errado. O importante é levar em consideração alguns fatores, como os que você confere na sequência.


Clima da região


Cada localidade possui suas particularidades distintas. Assim, embora a orientação solar para o norte seja a mais desejada e possa contribuir para a valorização do imóvel, outras direções podem ser igualmente atrativas.


Portanto, é essencial levar em conta a média de temperatura ao longo do ano e também considerar a umidade do ar. Em regiões de clima mais seco, a menor exposição ao sol pode não resultar em problemas de mofo.


Preferências e rotina


Outro aspecto que torna a escolha da orientação solar ideal uma questão relativa é a preferência pessoal. Afinal, cada indivíduo tem sua própria inclinação quanto a ter exposição solar em momentos específicos do dia ou em locais determinados.


Também é sensato levar em consideração a rotina das pessoas que utilizarão esses espaços. Se o uso frequente ocorrer na sala de estar, é crucial pensar na iluminação e ventilação desse ambiente.


Por outro lado, se alguém passa a maior parte do tempo na cozinha, o calor excessivo gerado pela luz solar direta pode se tornar desconfortável.



Orientação solar de cada ambiente

Em banheiros, escolha da orientação solar ajuda a evitar umidade em excesso (Projeto: Hosanna Rodrigues)

Quando se trata de ambientes de uso contínuo, como quartos e salas, a orientação solar desempenha um papel crucial na busca pelo conforto. Portanto, é altamente recomendável que esses espaços recebam luz solar matinal, o que geralmente é alcançado ao posicioná-los de maneira a enfrentar o norte ou o leste. Isso assegurará a presença equilibrada de luz natural e calor.


Por outro lado, a cozinha, o banheiro e a área de serviço não demandam a mesma necessidade de exposição solar. No caso da cozinha, evitar uma luz solar excessiva é até benéfico, uma vez que o calor intenso pode afetar a qualidade dos alimentos e danificar aparelhos elétricos.

O ponto crucial é prevenir a total ausência de luz solar, garantindo, assim, a afastamento da umidade e do mofo nesses ambientes.

Gostou das dicas? Não se esqueça de compartilhar nosso conteúdo :)

Até a próxima!

Comments


bottom of page