top of page
Buscar
  • Foto do escritorDavi Nogueira

Como calcular metro quadrado e a quantidade certa de porcelanato

Atualizado: 24 de abr.

Aprenda a calcular o metro quadrado para determinar a quantidade correta de porcelanato necessária para pisos, paredes, rodapés e piscinas. Descubra!


Dominar a arte do cálculo do metro quadrado pode ser extremamente útil ao adquirir materiais. Afinal, realizar os cálculos de forma precisa evita desperdícios ou falta de revestimento, mantendo o orçamento da sua obra conforme o planejado.


Para facilitar sua vida, elaboramos um guia passo a passo sobre como calcular a quantidade de porcelanato necessária. Continue lendo e esclareça todas as suas dúvidas!

Saber como calcular metro quadrado ajuda a evitar desperdícios na obra (Projeto: Studio Arquitetura e Interiores)


6 dicas de como calcular a quantidade de porcelanato


Antes de explicar o procedimento para calcular o metro quadrado, é crucial considerar algumas dicas que assegurarão que tudo ocorra conforme o planejado.

  1. Utilize sempre plantas com escala ou medidas precisas. Dessa forma, você poderá calcular a quantidade de porcelanato sem cometer erros, evitando desperdícios ou falta de material, além de garantir uma reserva técnica adequada.

  2. Certifique-se de que um profissional qualificado tenha realizado os cálculos. É fundamental que um arquiteto, designer de interiores ou engenheiro verifique as medidas. Isso previne problemas futuros, como escassez ou excesso de revestimento.

  3. Verifique as cotas de nível, a profundidade das piscinas ou os espelhos d'água. Isso permitirá identificar desníveis nos ambientes, evitando surpresas desagradáveis.

Nível é ponto imposto na hora de calcular metro quadrado (Imagem: Reprodução Portobello)


4. Tenha atenção aos formatos acima de 60×60. Isso porque o aproveitamento das peças é diferente quando calculamos por área. Portanto, é essencial paginar e contabilizar as peças.


5. Identifique o início do assentamento, pois isso vai influenciar nos recortes. Durante o assentamento, o ideal é aproveitar somente as laterais das peças, uma vez que têm acabamentos de fábrica. Ou seja, o meio da peça é desprezado.


Meios costumam ser descartados nos cortes de peças maiores


Como calcular metro quadrado do piso?


Agora, se você deseja aprender a calcular o metro quadrado de forma simples, basta obter as medidas do ambiente e da peça que pretende utilizar.

Para ilustrar, vamos considerar o seguinte exemplo: um espaço com largura de 3,50 metros e comprimento de 4,50 metros, onde será instalado um piso de 120x120 centímetros.


Exemplo mostra como calcular metro quadrado usando planta baixa


Realize a multiplicação das medidas do ambiente para obter a metragem total. Portanto: 3,50 x 4,50 = 15,75. Em seguida, converta as dimensões do porcelanato para metros e multiplique as medidas da peça: 1,20 x 1,20 = 1,44. Em seguida, divida a metragem total pela metragem da peça. Assim: 15,75m² / 1,44 = 10,93. Levando em consideração um acréscimo de 10%, seriam necessárias 12 peças. É importante arredondar o número decimal após a vírgula para cima quando for maior que 5. No entanto, se for menor (como é o caso), mantenha-o como 5.



Calcular metro quadrado de porcelanato para o piso pode ser simples (Projeto: Marla Bravim)


Há ainda outra forma de fazer esse cálculo, que é a seguinte:

  1. 3,50 / 1,20 = 2,91 (3 peças)

  2. 4,50 / 1,20 = 3,75 (4 peças)

  3. 3 peças x 4 peças = 12 peças


Para calcular a quantidade de material necessária para os rodapés, você deve somar o perímetro total das paredes. Em seguida, subtraia a área ocupada pelas portas e divida o valor resultante pelo comprimento de cada peça de rodapé.

Por exemplo: Se o perímetro total das paredes é de 30 metros e o comprimento do rodapé é de 1,20 metros (rodapé de 20x120 cm), a fórmula seria: 30m / 1,20m = 25 peças. Adicione 10% para compensar possíveis perdas, resultando em 28 peças de rodapé 20x120 cm.

Ao calcular a quantidade de material para revestir uma parede, você deve medir o perímetro e a altura (pé direito) e multiplicar esses valores. No entanto, é necessário descontar a área ocupada por portas, janelas, nichos e outros locais que não serão revestidos.

É importante ressaltar que essas informações se aplicam a revestimentos menores que 60x60 cm. Para revestimentos maiores, o cálculo do metro quadrado segue as regras de paginação, descontando as áreas mencionadas anteriormente.

No exemplo, partes mais claras foram descontadas do cálculo do revestimento da parede


Como calcular o revestimento da piscina?


Para calcular o revestimento da piscina, você precisará medir as áreas que serão revestidas e considerar o tamanho do revestimento que será utilizado. Aqui está um passo a passo básico para calcular o revestimento da piscina:

  1. Meça as áreas que serão revestidas: Comece medindo as paredes da piscina e qualquer outra superfície que será revestida, como o fundo da piscina. Meça a altura e o comprimento de cada área.

  2. Calcule a área de cada superfície: Multiplique a altura pela largura de cada área para obter a área total. Por exemplo, se a altura de uma parede for 2 metros e o comprimento for 5 metros, a área dessa parede será de 2 metros multiplicado por 5 metros, resultando em 10 metros quadrados.

  3. Calcule a área total: Some todas as áreas das superfícies medidas para obter a área total que será revestida.

  4. Escolha o tamanho do revestimento: Decida qual será o tamanho do revestimento que você deseja usar na piscina. Se for usar azulejos, por exemplo, os tamanhos comuns são 10x10 cm, 20x20 cm, 30x30 cm, 60x60 cm, entre outros.

  5. Calcule a quantidade de revestimento necessária: Divida a área total que será revestida pelo tamanho do revestimento. Isso lhe dará o número de peças de revestimento necessárias. Por exemplo, se a área total for de 50 metros quadrados e você estiver usando azulejos de 20x20 cm, dividirá 50 por 0,04 (a conversão de metros quadrados para centímetros quadrados), o que resultará em 1250 peças de revestimento.

Lembre-se de considerar uma margem extra para perdas, cortes e ajustes durante a instalação. É recomendável adicionar cerca de 10% a 15% à quantidade calculada para garantir que você tenha material suficiente.

Este é um cálculo básico para revestimento de piscinas. Se houver detalhes adicionais ou formas complexas envolvidas, é sempre aconselhável consultar um profissional para obter uma estimativa mais precisa.

Revestimento de piscina tem particularidades no cálculo


Considere ainda os cálculos básicos para áreas:

Dividir as formas geométricas que se formam na piscina ajuda a entender como calcular metro quadrado

  • Quadrado ou retângulo: área = A x B; perímetro = (A + B) x 2.

  • Triângulo: área = base x altura / 2; perímetro = multiplicação das faces menores / 2 (o perímetro do triângulo corresponde à soma de todos os lados dessa figura plana)

  • Círculo: área = TT x R²; perímetro = 2 x TT x R

Na hora de calcular metro quadrado em piscinas, é importante considerar o desnível (Projeto: Ricardo Macegoza)


Para exemplificar, vamos considerar uma piscina com 2,40m por 10m e um revestimento 14,5 x 14,5.

Sendo assim, o cálculo da área do piso fica em: 10m X 2,40m = 24m² + 10% perda = 26,40m² do produto 14,5cm X 14,5cm.


Considere a reserva técnica ou margem de segurança

Reserva técnica garante uma quantidade de revestimento em caso de imprevisto (Projeto: Sena Arquitetos Associados)


Ao assentar porcelanato, é importante levar em consideração possíveis imprevistos, como erros nos recortes e quebra de peças durante o transporte. Para evitar a falta de material durante a instalação, é recomendável incluir uma reserva técnica, que consiste em uma margem de segurança.

De acordo com a norma NBR 9817/1987 e a norma de desempenho NBR 15.575, é recomendado adicionar 10% a mais na metragem total. Desse valor, 5% são destinados a perdas durante os cortes das peças, enquanto os outros 5% servem como reserva caso seja necessário substituir alguma peça no futuro.

No caso de porcelanatos em grandes formatos, conhecidos como Lastras, como 120x240, 120x270 e 160x320, é importante considerar a quantidade adequada. Seguem as recomendações:

  • Para metragens de 0 a 50m², adicione 1 Lastra a mais.

  • Para metragens de 50m² a 100m², adicione 2 Lastras a mais.

  • Para metragens de 100m² a 150m², adicione 3 Lastras a mais.

  • Para metragens superiores a 150m², adicione 4 Lastras a mais.

Essas orientações garantem que você tenha material suficiente, levando em conta tanto as perdas durante a instalação quanto a necessidade de reposição futura. É sempre recomendável seguir as normas e consultar profissionais especializados para obter uma estimativa precisa de materiais.


Aprenda a fazer outros cálculos importantes



Como calcular metro quadrado ajuda a entender não só quantidade de cerâmica, mas também de argamassa e rejunte (Projeto: Trevi Arquitetura e Engenharia / Foto: Luis Agostinho)


Além de entender como calcular metro quadrado, você também vai precisar saber quanto de outros materiais precisa comprar. Para isso, siga as dicas abaixo.


Rejunte

Para saber como calcular metro quadrado nesse caso, uma dica importante é usar a metragem sem os 10% de perda.


Argamassa

Quanto à argamassa, desconsidere também os 10%.



Gostou das dicas? Não se esqueça de deixar seu like :)

Até a próxima!

Kommentarer


bottom of page